Bate e volta Berlim – Nürnberg

O post de hoje vai ser quase como um diário de viagem com dicas para dois lugares bem legais!

DSC_0502.jpg

Gente, que lugar lindo!

Porém, antes de tudo é preciso contextualizar. Eu e meu marido moramos em Berlim e trabalhamos em uma empresa sediada no sul da Alemanha, na cidade de Nürnberg. De tempos em tempos rolam umas comemorações que reúnem os funcionários, e na última sexta foi a vez da festa de verão, no lago Kleiner Brombachsee.

Saímos de Berlim às 8:30 da manhã da sexta-feira, e encaramos uma viagem de 5h e 30min de duração até chegarmos em Nürnberg. De lá, pegamos um carro, passamos por vários vilarejos super fofos, e em uma hora chegamos ao Kleiner Brombachsee.

IMG_20170804_224831_595

O lago maravilhoso.

O lago fica em uma região mais isolada, e me impressionou muito por sua história (já que ele é artificial) e organização. O local é lindo, e tem opções para os mais diversos gostos, como restaurantes, áreas para acampar e fazer churrasco, mini golf, escola para cachorros, e programações na água, como stand up paddle.

IMG_20170804_224831_594

Acho que não preciso dizer que a festa foi ótima! Comemos muito churrasco e nadamos no lago gelado (hahaha) e, quando anoiteceu, voltamos para Nürnberg.

DSC_0482 (2).jpg

Churrasquinho da firma hahaha.

O dia seguinte foi só de turismo! Nürnberg tem 517.498 habitantes, e muita história. Apenas para ilustrar, a primeira menção documentada sobre a cidade data de 1050, e é sobre o seu Castelo Imperial.

DSC_0508.jpg

Vista do centro histórico de Nürnberg de cima do Castelo Imperial.

O centro histórico da cidade é lindo, todo murado e com muitas coisas medievais, e em cada esquina há algo interessante. Em nosso passeio vimos várias igrejas (há muitas nessa região), o Castelo mencionado acima, o Museu dos Brinquedos, dentre outras coisas.

Vale lembrar que o centro histórico de Nürnberg foi bastante destruído após a segunda Guerra Mundial. Contudo, ele foi reconstruído a partir de planos originais existentes desde a Idade Média, e hoje está de pé, recebendo muitos turistas!

DSC_0507.jpg

O Castelo Imperial.

Nosso passeio terminou após irmos até um Café de Gatos onde você come e toma suas bebidas, e eles ficam dormindo ou brincando com os visitantes (amei demais esse lugar, pois sou a louca dos gatos hahaha).

Eu espero visitar Nürnberg mais vezes, e recomendo muito uma ida para essa região, pois há muitas coisas legais pra se fazer lá, e muita coisa bonita de se ver.

DSC_0510.jpg

Eu só queria um desses apartamentos hahaha.

Gostaram do post? Curtam, comentem, compartilhem! 😀 Tem algum tema que vocês querem que eu aborde aqui no blog? Se sim, digam nos comentários, ou entrem em contato comigo pelas minhas redes sociais! Querem ver meu dia-a-dia aqui na Alemanha mais de perto? É fácil, me sigam no Instagram: viviancreder! E digo mais, quem me acompanha no Insta viu essa viagem em tempo real 🙂

DSC_0496.jpg

Tschüss, e até o próximo post 🙂

Beijão pra vocês :*

Vivi.

Grunewald, uma floresta em Berlim

Semana passada falei sobre andar de bicicleta em Berlim, e o tema de hoje tem uma certa conexão com o meu post anterior.

Eu e meu marido estamos criando o hábito de fazer longas pedaladas no final de semana com o objetivo de explorar mais a cidade, e ontem decidimos ir a um local distante e diferente.

DSC_0376-01.jpeg

A floresta.

Grunewald é uma floresta de 3.000 hectares na região ocidental de Berlim, sendo a maior área verde daqui. Nós chegamos lá por uma de suas bordas, e não pela entrada principal, passando pela estação de trem Heerstraße, e pedalamos por uma rua para bicicletas (mas por onde também circulam carros) até entrarmos na floresta.

DSC_0369-01.jpeg

Rua que nos levou até a floresta.

Eu amo a natureza, adoro parques e atividades ao ar livre, e esse local proporciona tudo isso. A região é enorme, e ótima para pedalar, caminhar e correr, contando com muitas opções de diversão.

Durante nossa jornada pequena excursão, nós pedalamos por dentro da floresta, depois fomos para o Ökowerk, que é um centro de conservação da natureza (e que disponibiliza programações para crianças), e passamos por um lago com uma área de nudismo (digo logo que isso é MUITO normal por aqui, e nós vimos muitas bundas e gente como veio ao mundo se bronzeando na grama).

DSC_0374-01.jpeg

O início da nossa pedalada na floresta.

DSC_0372-01.jpeg

Parte do Ökowerk.

DSC_0381-01.jpeg

O lago (sem os nudistas, pois não rola postar foto de gente pelada hahaha).

O passeio todo, saindo de casa e pedalando pela floresta, totalizou cerca de 30 km. Porém, a região é bem grande e nós não tivemos a oportunidade de ver tudo que tem por lá. Além do que mencionei, em Grunewald você ainda encontra pelo menos um bistrô, um bar, uma torre com uma vista bem bonita, e a maior elevação de Berlim (115 metros).

DSC_0384-01.jpeg

Bistrô fofinho do Ökowerk.

Deixo aqui apenas uma dica de amiga: se você decidir fazer esse passeio em uma época mais quente (estamos no verão), leve um repelente de mosquitos, pois lá tem muitos.

Por fim, eu super recomendo uma visita à floresta Grunewald. O lugar é lindo, e em cada canto você descobre algo novo e diferente para observar e se aventurar.

DSC_0377-01.jpeg

Uma das várias pistas por dentro da floresta.

Aqui está o link em inglês para o site Visit Berlin, explicando um pouco a respeito da floresta, aqui está o link em inglês da Wikipedia, que também fala sobre essa região, e aqui está o link em alemão do Ökowerk. Todos podem ser traduzidos com a ajuda do Google Tradutor 🙂

DSC_0380-01.jpeg

Até a próxima 🙂

Gostaram do post? Curtam, comentem, compartilhem! 😀 Tem algum tema que vocês querem que eu aborde aqui no blog? Se sim, digam nos comentários, ou entrem em contato comigo pelas minhas redes sociais! Querem ver meu dia-a-dia aqui na Alemanha mais de perto? É fácil, me sigam no Instagram: viviancreder.

Beijão pra vocês :*

Vivi.

3 tendências para o verão!

O verão ta chegando mas em algumas regiões do país ele nunca vai embora!

E entra ano e sai ano sempre tem algumas tendências que são super adaptáveis para a nossa rotina, não é?

Selecionei aqui 3 tendências para tentar sobreviver a estação mais quente do ano!!

  • Fenda

Nem só de roupa curta a gente tem que usar no verão, né? Para investir em comprimentos longos, o ideal é usar tecidos leves e naturais, evitando os sintéticos, para não piorar a sensação térmica!

337775c7c765d4a5d373397ba4350b91e8

É claro que a fenda tem que combinar com o ambiente! Inclusive dá para usar no trabalho sem chamar muito a atenção!

  • Ombro a ombro (mais conhecido também como ciganinha):

Atualmente veio com uma nova roupagem, ficando beem distante do look bicho grilo! De acordo com a estampa ou tecido, dá um ar super moderno e sem muito esforço!

E para complementar a produção, é só usar um brincão ou um colar!

blusa-fora-do-ombro-street-style-australia-fashion-weekLeandra Medine at Creatures of the Wind SS2015ombroaombro-51

  • Bodysuit

Saiu da piscina para passear por todos os ambientes! A depender do tecido ele vai até para a balada!! No início da febre, só via modelos mega cavados e mega decotados, o que dificultava a vida de quem tem seios grandes. Mas nos meus últimos passeios, tenho achado modelos super bacanas para quem usa sutiã 44+!!!!!!

E tem de todo preço, toda estampa, pra todo gosto!

street-style-bodysuits-3goldencherry-black-bodysuit-casual-streetstyle-inspolook-street-style-com-bodysuit-e-calca-jeans-branco-destroyed

🙂

Beeijo

Rah

http://www.facebook.com/blogquebeleza

Dá pra usar bota no calor?

Quando a gente pensa em bota, imediatamente já associamos ao frio! Mas achei algumas inspirações que dá para adaptar para o calor sem perder o estilo!

Claro que não dá pra usar uma over the knee (conhecida também como bota acima do joelho) ou botas que sejam forradas com materiais mais grossos!

O ideal para quem ama bota é usar as de cano mais curto para o verão ou até mesmo investir nos coturnos! Trouxe aqui algumas inspirações!

Dá para usar com saia mais arrumadinha

botas-no-verao-saiba-como-usar-3-32-2666-thumb-570

Com roupas básicas mas que não fica com cara de “roupa pra usar dentro de casa”

botas-no-calor-2

botinhas-calor

Para quem tem receio de ousar, o ideal é começar com looks mais basiquinhos, usando coturnos. Para quem é mais fashionista, usar e abusar das botas de cano curto com salto, fazer mix de estilos!

Aqui em manaus o lugar que eu sempre vejo vendendo coturno é na Sapatinho de Luxo! Eu comprei um azul marinho e uso mais pra viajar, pois é super confortável e não morro pelo pé no avião! O preço dos coturnos da Sapatinho de Luxo é de R$99,90 e tem preto, marrom, azul marinho, um vermelho mais fechado e até um pink!

Espero que ousem!

Beijos

@rahnoinsta